Teatro on-line? Tem também na quarentena – Criança na Plateia

Bora colocar criança na plateia de teatros? Virtual, claro. A Montenegro Produções disponibilizou no Youtube todos os espetáculos do Festival de Teatro Infantil Brinque.

Boitatá, Lobisomem, Boi Bumbá – A Toada do Bumbá e Cuca estão no ar. Saiba um pouquinho de cada um e depois volte e clique aqui para entrar no teatro!

A Toada do Bumbá: Dividida em três atos, a peça conta com muita personalidade a história que envolve Mãe Catirina, Pai Francisco, o Patrãozinho e o Boi Bumba ou Bumbá (não sabem direito). Ela grávida quer comer a língua do boizinho dançante do seu amo. Ele, Pai Chico, atende o pedido. Já o boizinho colorido e animado não suporta a dor e morre. Chamam de um tudo para ressuscitar o bicho, mas nada resolve. Nem um Padre Caprichoso, muito menos um Pajé Garantido. Esse é um dos momentos (porque são vários) mais cômicos do espetáculo. Cada um desses personagens sai da Boi Band e é construído ali, ao vivo, no palco com elementos de figurino.

Lobisomem: A peça traz mais de dez atores, todos em performances ímpares. O elenco principal, formado por jovens e promissores atores paranaenses, chama a atenção: Kauê Persona, Nathan Diego Milléo Gualda, Renet Lyon e Taciane Vieira. Cada um vive mais de um personagem e juntos apresentam um espetáculo que se comunica com as crianças mostrando que elas precisam controlar seus ímpetos de ira e com os pais, que por sua vez, precisam olhar mais para os filhos ao invés de ficarem imersos na tecnologia. Para isso, a linguagem é divertida, brincante, as músicas vão e vem, e mostram a lenda do lobisomem de uma forma moderna trazendo ainda a Cuca, o Curupira e a Cabra Cabriola à tona.

Cuca: Quem dá vida à Cuca é a atriz Taciane Vieira, que como sempre dá um show de interpretação cantando e dançando durante o espetáculo que conta sobre esse que é um dos mais famosos personagens do folclore brasileiro. A peça contextualiza a lenda para os dias atuais. A história acontece com a Cuca punindo crianças desobedientes e recebendo em sua casa seus amigos, o Homem do Saco e a Cabra Cabriola, que igualmente à Cuca gostam de pegar “criancinhas” que dormem tarde, que não obedecem aos pais e por aí vai. Eis que chega o zen Curupira para dar leveza à coisa toda. Esse trio é formado por Renet Lyon, Kauê Persona e Nathan Diego Milleo Gualda. O que realmente acontece é que a Cuca chega à conclusão de que não pode mais ficar pegando somente as crianças, que precisa mesmo pegar os pais que ao seu ver também andam “saindo da linha”, ficando ora omissos, ora bravos demais com os filhos.

Boitatá: Tudo acontece em torno de dois personagens, a lhama Chan Chan e o tamanduá Puru que estão fugindo do Boitatá em um igarapé próximo à fronteira entre o Brasil e o Peru. O que acontece ali, extrapola o medo e alcança valores de amizade e companheirismo.

Compartilhar: