Cinema in Concert lota Teatro Guaíra pela segunda vez – Criança na Plateia

Mais uma vez a Orquestra Filarmônica de Curitiba surpreende o público. Quem pensou que iria ver o mesmo espetáculo no último sábado (09), foi agraciado com novas trilhas e novas performances. Não demorou muito para Darth Vader e seus soldados estelares aparecerem e, claro, arrancarem gargalhadas do público.

O vilão de Star Wars rendeu o maestro Alexandre Brasolim e regeu a orquestra durante a trilha sonora do seu filme. O programa foi dividido por filmes de ação, filmes que remetem os adultos à infância, filmes de super e anti heróis, filmes que marcaram e marcam época.

Entre as novidades, aliás muito aclamada pela plateia, foi a trilha sonora de E.T. quando uma bicicleta desceu do alto bem em cima da orquestra e foi pedalada pela acrobata Marina Prado. Ela parecia estar como o pequeno Elliot, pedalando na Lua para salvar seu amigo extraterrestre. Quem brincou com o público foi a Pantera Cor-de-Rosa. Zumbis e os caça fantasmas também marcaram presença como na primeira edição.

O mais interessante dos concertos da OFC é que o maestro conversa, interage com o público do começo ao fim. Isso tem criado uma proximidade tão grande entre orquestra e plateia, que já é marca registrada da Filarmônica de Curitiba. Na trilha da Família Adams, por exemplo, todos sem exceção estalaram os dedos acompanhando a orquestra e ao final, para encerrar o concerto o público pediu bis e ganhou uma música que ainda não havia sido tocada. Cinema in Concert terminou com a alegre trilha de Looney Tunes. Kika Marquardt, diretora dos concertos da OFC, já está trabalhando em novos concertos que serão anunciados em breve. Quem não quiser perder, pode seguir a OFC nas redes sociais @orquestrafilarmonicadecuritiba

Compartilhar: