Chega a vez da Cuca no Festival de Teatro Infantil Brinque – Folclore do Brasil – Criança na Plateia

Cuca, a bruxa má com cabeça de jacaré e uma voz assustadora dá sequência à série de espetáculos infantis do Brinque. É sábado e domingo, dias 24 e 25 de junho, às 16h, no Teatro Bom Jesus.

Quem dá vida à Cuca é a atriz Taciane Vieira, que como sempre dá um show de interpretação cantando e dançando durante o espetáculo que conta sobre esse que é um dos mais famosos personagens do folclore brasileiro.

Conferimos o primeiro ensaio geral da peça e novamente Tiago Luz, da Confraria de Teatro Kromossomos Estranhos e Ruído Companhia de Teatro contextualiza a lenda para os dias atuais. Mas diferente de Lobisomem, aqui a peça ficou digamos um pouco mais séria, apesar dos vários pontos cômicos. A história acontece com a Cuca punindo crianças desobedientes e recebendo em sua casa seus amigos, o Homem do Saco e a Cabra Cabriola, que igualmente à Cuca gostam de pegar “criancinhas” que dormem tarde, que não obedecem aos pais e por aí vai. A peça fica um pouco mais leve com a chegada do zen Curupira. Esse trio é formado por Renet Lyon, Kauê Persona e Nathan Diego Milleo Gualda.

O que realmente acontece é que a Cuca chega à conclusão de que não pode mais ficar pegando somente as crianças, que precisa mesmo pegar os pais que ao seu ver também andam “saindo da linha”, ficando ora omissos, ora bravos demais com os filhos.

Para ver o desenrolar de tudo isso só indo ao Teatro Bom Jesus no próximo final de semana, sábado e domingo, às 16h. É uma peça que indicamos para crianças maiores, a partir de uns sete anos. Menores, podem facilmente se assustar. Os ingressos antecipados custam R$ 10 a meia entrada, na hora R$ 15. A bilheteria integral é em prol do Hospital Pequeno Príncipe. Compre aqui. O Festival de Teatro Infantil Brinque é assinado pela Montenegro Produções e Ministério da Cultura.

Compartilhar: